• Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • RSS

Piada da portuga e o contrabando de calcinhas

Piada da portuga e o contrabando de calcinhas

Quando surgiram as primeiras calcinhas de nylon , o governo brasileiro proibiu a importação do produto. Então a alfandega passou a controlar as bagagens femininas dos voos internacionais.

Num belo dia , após a aterrizagem de um voo de Paris , os fiscais estavam a postos.
A primeira passageira que teve sua mala vistoriada, foi acusada de contrabando por estar com 5 calcinhas de nylon. Ela argumentou:
- São de uso pessoal, uso uma na segunda-feira, outra na terça, outra na quarta, outra na quinta , outra na sexta, e no fim de semana vou pra praia, uso maiô, e não preciso de calcinhas.
O fiscal reconheceu que ela tinha razão e liberou-a. A mulher seguinte tinha 7 calcinhas de nylon.
- A senhora está fazendo contrabando!!
- Não estou não senhor, são de uso pessoal. Como eu não vou à praia no fim se semana eu necessito de 7, uma por dia.
- Realmente a senhora tem razão, me desculpe, está liberada.
A seguinte era uma portuguesa. Na mala doze calcinhas.
- Isto é contrabando, a senhora só precisa de 7, uma por dia!
- Não sinhore, estas enganado, são de uso pessoal, uso uma em janeiro, outra em fevereiro, outra em março

Autor: 

Piadas Relacionadas

O Joaquim estava caçando perto de um morro no Rio de...
Manuel está tomando banho, e grita para Maria:- Ô Maria, me...
O português estava dirigindo em uma estrada, quando viu uma...
A portuguesinha de 10 anos vai pescar com o pai no lago e...
Um pedreiro português, no meio da obra, liga para casa e...

Assine nosso boletim

Assine o Boletim de Piadas