Managed ad

Velhinha

Um empresário da capital foi para uma cidadezinha do interior com o intuito de abrir uma boate de alto nível, já que os prostíbulos da cidadezinha eram paupérrimos e sem estrutura adequada. Ele mandou distribuir vários panfletos entre as putas do lugar informando que abriria inscrições para seleção de candidatas. Houve um rebuliço entre as quengas, todas animadíssimas com a possibilidade de um bom emprego. No dia marcado compareceram mais de 1.000 putas na frente da futura boate fazendo o maior tumulto.
O empresário, temendo algum acidente, resolveu fazer a seleção das putas do lado de fora da boate. Havia uma grande mangueira, que estava carregada de mangas e dava uma ótima sombra. Ele decidiu que ali seria o melhor lugar. Colocou um birô e uma cadeira e começou a fazer as inscrições das raparigas.
Lá pelo meio da tarde, ia passando uma velhinha que ficou curiosa com o tamanho da fila. Aproximou-se de uma jovem conhecida sua que estava na fila e perguntou:
- Ivonete, minha filha, pra que é essa fila enorme? Estão distribuindo alguma coisa?
A moça ficou com vergonha e disse:
- É, Dona Biu, tá vendo aquele moço debaixo do pé de manga? Ele está distribuindo algumas manguinhas com o povo.
A velhinha animou-se e entrou na fila. Quando chegou a sua vez, já estava anoitecendo. O empresário, morto de cansaço de tanto escrever, nem levantou a cabeça para olhar para a Dona Biu. Então ele perguntou:
- E aí, quantos anos você tem?
- 85 anos, respondeu a Dona Biu.
- Tá danado! E a senhora ainda trepa???
- Trepar, não trepo não. Mas chupo que é uma beleza!!!!