Managed ad

Piadas de Políticos

Piadas de Políticos - as melhores piadas de politicos do piadas.com.br

Um político está tranquilamente tomando sol na praia, quando uma bela senhora se aproxima:
- Olá, o que o senhor faz por aqui?

O homem, querendo mostrar que políticos também podem ter veia poética, responde com ar conquistador:
- Roubando raios de sol...

A mulher, sorrindo e balançando a cabeça, diz:
- Ah... vocês, políticos, sempre trabalhando...

Um bêbado chegou em frente ao Planalto e deixou sua bicicleta,

o segurança o chamou e disse:
- Senhor, não pode deixar sua bicicleta ai! Aqui é o Planalto, tem presidente, ministros, parlamentares entre outros.

O bêbado olhou pra ele e disse:
- Não se preocupe eu tenho cadeado. 

A professora pergunta na sala de aula aos seus aluninhos:

- João, qual a profissão de seu pai?

- Médico, professora.

- E a do seu pai, Aninha?

- Engenheiro.

- E o seu, Fernanda?

- Ele é advogado.

- E o seu pai, Carlinhos, o que faz?

- Ele... ele é dançarino numa boate gay!

- Como assim? - pergunta a professora, incrédula.

- Fessora, ele dança na boate, com uma tanguinha bem pequena e máscara na cara. Os homens lá passam a mão e colocam dinheiro no elástico da tanguinha.

A professora, sem acreditar no que ouviu, manda todas as crianças para o recreio, exceto o Carlinhos.

Ela caminha até o garoto e novamente pergunta:

- Menino, o seu pai realmente faz isso?

-Não, fessora! EU menti pra senhora. Agora que a sala está vazia, posso falar a verdade! Meu pai é deputado... e eu tenho vergonha de falar isso na frente dos outros...

Uma velhinha vai ao cemitério visitar o túmulo de seu falecido esposo.

No caminho lê as lápides que vai encontrando.

Para diante de uma que diz: " Aqui jaz um político, um homem honrado, um homem íntegro".

A velhinha imediatamente faz o sinal da cruz e diz assustada:

- Virgem Santíssima! Só podem ter enterrado três homens na mesma cova!

O filho conta calmamente para a mãe:

- Mãe, hoje veio um ladrão aqui na nossa casa.

A mãe desesperada pergunta:

- Meu Deus! E o que ele levou?

O filho responde:

- Nada. Ele só veio pedir seu voto.

O infeliz pecador morreu e foi parar na porta do inferno. Lá, um auxiliar de capeta se apresenta  e faz a seguinte pergunta:

- Você quer ir para o inferno brasileiro ou para o inferno americano?

E o pecador pergunta:

- Qual a diferença?

- Bom. Existe um muro que separa os dois infernos. No inferno brasileiro você terá que comer uma lata de 20kg de merda no café da manha~, no almoço e no jantar. À noite, o capeta aparece para te espetar até o fogo infernal, e você fica lá ardendo até de manhã cedo.

- E como é o inferno americano? - quer saber o pecador.

No inferno americano, é igual, só que em vez de uma lata de 20kg de merda, você terá que comer somente um pires.

O pecador não pensou duas vezes, e preferiu o inferno americano.

Chegando lá, reparou que estavam todos cabisbaixos e tristes. Enquanto isso, no outro lado do muro, ouvia-se pagode, samba, dupla sertaneja, gargalhadas, enfim, uma animação danada. Não se conformando, o pecador sobe no muro e chama alguém do outro lado.

- Ei, como vocês conseguem festejar? Aqui o pessoal come um pires de merda e vive triste, enquanto vocês comem uma lata de 20kg e vivem dando risada.

- Bem, é que aqui é o Brasil, né? Um dia falta lata! No outro falta merda! No outro, o capeta não vem! No outro é feriado! No outro, falta lenha para a fogueira e assim vai...É só festa!

O padre encontra-se no jantar de despedida pelos 25 anos de trabalho ininterrupto à frente de uma paróquia numa pequena cidade.

E discursa: 

- Quando aqui cheguei e ouvi a primeira confissão de um paroquiano, fiquei com uma péssima impressão desta comunidade.

Ouve-se um burburinho entre os participantes do almoço.

E o padre continua:

- Essa pessoa confessou ter roubado um aparelho de TV, dinheiro dos pais, a empresa onde trabalhava, além de ter aventuras amorosas com a esposa do chefe. Ele também se dedicava ao tráfico de drogas! Com o passar do tempo, entretanto, conheci paroquianos maravilhosos, responsáveis, com valores morais, comprometidos com sua fé. E foi desta maneira que tenho vivido os 25 anos mais maravilhosos de meu sacerdócio...

Nesse momento a porta do salão abre e entra o prefeito, ofegante, interrompendo o discurso do padre. Ele entrega o presente da comunidade em agradecimento a tudo que o pároco havia feito por eles. Pede desculpas pelo atraso e começa o discurso:

- Nunca vou me esquecer do dia em que o padre chegou a nossa paróquia. Como poderia? Eu tive a honra de ser o primeiro a se confessar com ele!

Depois de se conhecerem em uma festa, o casal acorda
no dia seguinte com ar apaixonado.
- Foi uma noite maravilhosa! - diz o rapaz. - Aposto
que você é veterinária!
- Como adivinhou? - pergunta ela surpresa.
- É que você soube cuidar bem do meu bichinho.
- E eu aposto que você é petista! - devolveu ela.
- Petista?
- Sim, quando estava por baixo ficava gritando o
tempo todo e quando estava por cima, não sabia o que
fazer.

O engenheiro ordenou a seu cachorro:

— Escalímetro mostra tuas habilidades!

O cãozinho pegou um martelo, umas tábuas e num instante construiu um casinha para cachorros. Todos admitiram que era um façanha.

O contador disse que seu cão podia fazer algo melhor:

— Cash Flow, mostra tuas habilidades!

O cachorro foi à cozinha, voltou com 24 bolinhos, dividiu os 24 bolinhos em 8 pilhas de 3 bolinhos cada. Todos admitiram que era genial.

O químico disse que seu cão podia fazer algo melhor:

— Óxido, mostra tuas habilidades!

Óxido caminhou até a geladeira, pegou um litro de leite, umas bananas, colocou tudo no liquidificador e fez uma vitamina. Todos aceitaram que era impressionante.

O informático sabia que podia ganhar de todos:

— Megabyte, vamos lá!

Megabyte atravessou o quarto, ligou o computador, verificou se tinha vírus, redimensionou o sistema operativo, mandou um e-mail e instalou um jogo excelente. Todos sabiam que este era muito difícil de superar.

Todos olharam para o político e disseram:

— E seu cão, o que pode fazer?

O político chamou seu cão e disse:

— Deputado, mostra tuas habilidades!

Deputado deu um salto, comeu os bolinhos, tomou a vitamina, fez cocô na casinha, deletou todos os arquivos do computador, armou a maior zorra com os outros cachorros. E expulsou todo mundo, exibindo um título falso de propriedade. Em seguida, alegou imunidade parlamentar.